Vós sois... o quê? Deuses?

ciro

No Novo Testamento, nós, como servos do Senhor Jesus e por graça dEle, recebemos muitos títulos.

Textualmente, dirigindo-se diretamente aos cristãos, a Palavra de Deus diz que “vós sois”: bem-aventurados (Mt 5.11; 1 Pe 3.14; 4.14); a carta de Cristo (2 Co 3.3); chamados para serdes de Jesus Cristo (Rm 1.6); o Corpo de Cristo (1 Co 12.27); discípulos de Cristo (Mc 9.41; Jo 13.35); edifício de Deus (1 Co 3.9); filhos da luz (1 Ts 5.5); geração eleita (1 Pe 2.9).

As Escrituras neotestamentárias dizem, ainda — textualmente —, que “vós sois”: irmãos (Mt 23.8); lavoura de Deus (1 Co 3.9); luz do mundo (Mt 5.14); nação santa (1 Pe 2.9); povo adquirido (1 Pe 2.9); povo de Deus (1 Pe 2.10); sacerdócio real (1 Pe 2.9); sal da terra (Mt 5.13); salvos, por meio da fé (Ef 2.8); templo de Deus (1 Co 3.16,17; 2 Co 6.16); e testemunhas (Lc 24.48).

Diante dos adjetivos mencionados, gostaria de fazer um desafio a todos os pregadores triunfalistas e defensores do evangelho antropocêntrico. Apresentem-me uma única passagem do Novo Testamento em que o Senhor Jesus ou seus apóstolos — dirigindo-se à Igreja de Deus — tenham dito: “Vós sois deuses”. Vamos, vamos! Mexam-se! Liguem para Benny Hinn, consultem os livros de Kenneth Hagin... Quero apenas uma passagem! Risos...

Recentemente, ao defender a falácia de que somos deuses andando na terra, um famoso animador de auditórios perguntou à plateia: "Filho de peixe?" E ela lhe respondeu: "Peixinho é". Em seguida, o pregador (pregador?) perguntou: "Filho de Deus?" E, diante da hesitação de muitos, ele continuou defendendo a ideia absurda de que os filhos de Deus são pequenos deuses... Ele só se esqueceu de um detalhe muito importante: SOMOS FILHOS DE DEUS POR ADOÇÃO (Gl 4.4,5; Jo 1.11,12). Nesse caso, fazendo uma analogia, pergunto: Quando adotamos um animal de estimação, ele se torna humano? Claro que não! Do mesmo modo, quando alguém se torna filho de Deus por adoção, em Cristo, continua humano, mas sob os cuidados de um Dono (At 9.15; Gl 2.20).

Portanto, caro leitor, cuidado com esse pensamento herético propagado por triunfalistas — como Benny Hinn, Kenneth Hagin e seus discípulos brasileiros — de que nós, como filhos de Deus, temos a mesma essência de Deus e somos pequenos deuses andando na terra. Isso é uma heresia sem tamanho, uma blasfêmia! Não embarque nessa canoa furada! Na verdade, em Cristo, somos filhos de Deus por adoção e continuamos sendo meros seres humanos. Não somos melhores do que ninguém, em nós mesmos, pois continuamos sendo vasos de barro! A diferença entre nós e uma pessoa não salva por Jesus Cristo é que agora temos um grande tesouro dentro de nós (2 Co 4.7) e dependemos inteiramente da graça de Deus (Ef 2.8-10; Tt 2.11).

Ciro Sanches Zibordi

Ver todas as colunas